Conteúdo exclusivo 100% gratuito »

A MAIOR PLATAFORMA DE REVISÃO PARA O ENEM!

A MAIOR PLATAFORMA DE REVISÃO PARA O ENEM!

acesse agora!
  • videoaulas
  • exercícios
  • simulados
  • e-books
  • e muito conteúdo

Faça como milhares de alunos em Alagoas, acesse de onde você estiver e chegue preparado para as provas!

Faça como milhares de alunos em Alagoas, acesse de onde você estiver e chegue preparado para as provas!

Ambiente de aprendizagem 100% online. Estude pelo celular, table ou computador.

Gazetaweb.com + matérias

Redação do Enem: qual a estrutura, o que se espera e como é a correção

Com a proximidade das provas do Enem 2023 (Exame Nacional do Ensino Médio), a ser realizado nos dias 5 e 12 de novembro, professores sugerem que o candidato aproveite os últimos dias para treinar para a prova.A orientação, é claro, vale também para a redação, que ocorre no próximo domingo. Agora que você já sabe quais são as apostas de educadores para o tema deste ano, é hora de relembrar o que se espera do texto.Abaixo, o que o exame espera dos candidatos na redação (aplicada no primeiro dia de prova), a estrutura que deve ser utilizada e como é feita a correção:ESTRUTURAO Enem espera um texto dissertativo-argumentativo, com até 30 linhas, sobre um tema de ordem social, científica, cultural ou política.A estruturação da redação passa por:temaponto de vistaargumentosproposta de intervençãoO QUE SE ESPERAPor se tratar de um texto dissertativo-argumentativo, o Enem espera que o estudante demonstre, por meio de argumentação, a assertividade de uma ideia/ponto de vista. A "Cartilha do Participante" aponta que o estudante deve evitar a utilização de caráter apenas expositivo e que deve assumir claramente um ponto de vista --que esteja, logicamente, relacionado ao tema proposto pelo exame.O exame espera que o estudante elabore uma proposta de intervenção social para o problema apresentado no desenvolvimento do texto. Obviamente, essa proposta deve respeitar os direitos humanos.Segundo a "Cartilha do Participante", algumas ideias e ações, como defesa de tortura, mutilação, execução sumária, justiça com as próprias mãos, violências de gênero, etnia, credo, política etc., e discurso de ódio, serão sempre avaliadas como contrárias aos direitos humanos.O exame também pede que o texto siga a modalidade formal da língua portuguesa.A frase temática, segundo a "Cartilha do Participante", é um dos elementos mais importantes da redação. O manual orienta que a redação deve abordar todos os elementos da frase.COMO É A CORREÇÃOA avaliação é feita por, pelo menos, dois professores graduados em letras ou linguística. Um não sabe a nota que o outro deu.Cinco competências (listadas abaixo) são avaliadas, a cada uma sendo atribuída nota de 0 a 200. A nota do estudante será a média aritmética dos valores dados pelos dois professores.AS COMPETÊNCIAS AVALIADAS NA REDAÇÃO DO ENEMCritérios avaliados estão listados na "Cartilha do Participante"- Competência 1Demonstrar domínio da modalidade escrita formal da língua portuguesa.- Competência 2Compreender a proposta de redação e aplicar conceitos das várias áreas de conhecimento para desenvolver o tema, dentro dos limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo em prosa.- Competência 3Selecionar, relacionar, organizar e interpretar informações, fatos, opiniões e argumentos em defesa de um ponto de vista.- Competência 4Demonstrar conhecimento dos mecanismos linguísticos necessários para a construção da argumentação.- Competência 5Elaborar proposta de intervenção para o problema abordado, respeitando os direitos humanos.

Leia mais »

Página ‘Hora do Enem’ entra no ar com conteúdo gratuito a estudantes

Já está disponível para acesso gratuito na internet a página Hora do Enem Alagoas, plataforma completa de estudos, de iniciativa da Organização Arnon de Mello (OAM), destinada a contribuir com os estudantes que sonham em ingressar no ensino superior.ACESSE O LINK!O espaço virtual conta com testes on-line, videoaulas, resumos, questões e dicas valiosas de temas que, certamente, são cobrados no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), principal via de acesso às principais universidades do país.A plataforma está hospedada no portal Gazetaweb, mas o conteúdo também será gerado para os assinantes da TV Mar (canal 525 da NET/Claro).O projeto é uma realização da OAM e do governo de Alagoas, com apoio cultural da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE). Com a iniciativa, quem quiser estar pronto para o dia da prova poderá se preparar e revisar conteúdos com apenas um clique. No portal Gazetaweb, a plataforma é dividida em módulos inteligentes, com recursos avançados e com conteúdos concebidos para uma revisão intensiva. O acesso ao Hora do Enem Alagoas poderá ser feito pelo computador ou pelo celular.“Por meio do projeto, oferecemos a todos os alagoanos que sonham em ingressar no ensino superior, uma oportunidade de revisar os conteúdos mais importantes que caem nas provas, de uma forma acessível e formatados, de modo a facilitar o aprendizado”, afirma o diretor-executivo da OAM, Luis Amorim.“Na plataforma multidisciplinar disponível no portal Gazetaweb e através dos conteúdos reproduzidos na TV Mar, os estudantes terão acesso a um material de excelente qualidade e totalmente gratuito. Tudo isso reforça nosso compromisso com Alagoas e com a educação, que é o caminho mais seguro para um futuro cada vez melhor”, finaliza o gestor.Para Jonathas Maresia, coordenador da Gazetaweb, o site sai na frente ao entregar um produto único e gratuito aos alagoanos.“A partir de quarta-feira, o portal mais completo de Alagoas coloca à disposição uma multiplataforma com conteúdos exclusivos que vão ofertar aos estudantes – 24 horas por dia – uma preparação de altíssima qualidade para o Enem. São aulas ao vivo, plantões, tira-dúvidas, simulados, questões exclusivas e muito mais. E tudo isso sendo entregue aos estudantes de forma gratuita. A nossa multiplataforma vai entregar o que há de melhor em conhecimento e tecnologia”, complementa.CONTEÚDO NA PALMA DA MÃOO Hora do Enem poderá ser acessado no portal Gazetaweb.com, em uma landing page exclusiva da iniciativa, e também contará com aulões ao vivo e revisões transmitidas na tela da TV Mar. As datas e horários das revisões e aulões ao vivo poderão ser consultados na plataforma.A diretora de Jornalismo da TV Mar, Patrícia Barros, convida os estudantes a ficarem ligados na programação.“É mais um momento de muita alegria para nós que fazemos a TV Mar, ao ver mais um projeto de destaque da OAM integrando nossa grade de programação. O que podemos dizer é que os estudantes de Alagoas aproveitem a chance e usem muito a plataforma, assistam ao conteúdo e nos deem ainda mais orgulho, passando no vestibular e construindo uma sociedade cada vez melhor”, finaliza a diretora.

Leia mais »

OAM lança plataforma gratuita para quem quer se dar bem no vestibular

O percurso de quem está se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2023) é desafiador. Ainda mais para quem não consegue pagar um cursinho e precisa improvisar na hora de estudar. Para os alagoanos que sonham em ingressar no ensino superior, no entanto, o caminho para o diploma acabou de ficar mais fácil. É que a Organização Arnon de Mello (OAM) lança mais uma edição do projeto Hora do Enem Alagoas, uma plataforma completa de estudos, com testes on-line, videoaulas, resumos, questões e dicas. Tudo isso estará disponível no portal Gazetaweb.com a partir desta quarta-feira (19) e também na tela da TV Mar (canal 525 da NET/Claro).O projeto é uma realização da OAM e do governo de Alagoas, com apoio cultural da Assembleia Legislativa de Alagoas (ALE). Com a iniciativa, quem quiser estar pronto para o dia da prova poderá se preparar e revisar conteúdos com apenas um clique. No portal Gazetaweb.com, a plataforma é dividida em módulos inteligentes, com recursos avançados e com conteúdos concebidos para uma revisão intensiva. O acesso ao Hora do Enem Alagoas poderá ser feito pelo computador ou pelo celular.“O projeto Hora do Enem é mais uma grande iniciativa da Organização Arnon de Mello, em parceria com o governo de Alagoas e apoio cultural da Assembleia Legislativa de Alagoas. Por meio dele, oferecemos a todos os alagoanos que sonham em ingressar no ensino superior, uma oportunidade de revisar os conteúdos mais importantes que caem nas provas, de uma forma acessível e formatados de modo a facilitar o aprendizado”, afirma o diretor-executivo da OAM, Luis Amorim.“Na plataforma multidisciplinar disponível no portal Gazetaweb e através dos conteúdos reproduzidos na TV Mar, os estudantes terão acesso a um material de excelente qualidade e totalmente gratuito. Tudo isso reforça nosso compromisso com Alagoas e com a educação, que é o caminho mais seguro para um futuro cada vez melhor”, finaliza o gestor.Para o secretário de Estado da Educação, Marcius Beltrão, o projeto irá beneficiar milhares de estudantes alagoanos, principalmente aqueles que vivem no interior. |  Foto: Assessoria "Nós da Seduc temos trabalhado muito no sentido de garantir aos estudantes da rede estadual as condições necessárias para que disputem, em igualdade de condições com alunos da rede privada, uma vaga na universidade, bem como no mercado de trabalho. O foco na preparação para o Enem surge exatamente com esse propósito. E a parceria com os veículos da OAM chega para reforçar todo esse trabalho. Ela terá, inclusive, um alcance social muito importante", evidencia Beltrão.Para a secretária de Estado do Gabinete Civil, Roseane Ferreira, essa é mais uma amostra dos esforços do governo de Alagoas para garantir o protagonismo dos estudantes.“A rede estadual trabalha o programa Foca no Enem nas escolas de ensino médio desde o ano passado, mas uma plataforma de estudos como essa, proposta pela OAM faz uma grande diferença nos estudos. Os alunos que vão fazer o Enem este ano sofreram com a pandemia. Essa ajuda é fundamental para que eles possam aprender muito mais e tenham as mesmas chances que os alunos das escolas privadas. Essa parceria é fundamental para colaborar ainda mais no sucesso dos jovens alagoanos”, diz a secretária.O diretor comercial da Gazeta de Alagoas e da TV Mar, Fernando James, ressalta o sucesso da primeira edição, no ano passado, e o cunho social do projeto. “Estamos na segunda edição do Hora do Enem, que irá levar aos estudantes um conteúdo de qualidade, antenado, moderno, aulas que irão ajudar, principalmente, quem não pode pagar um cursinho. Estamos muito felizes com mais essa realização e os benefícios que esse projeto trará aos nossos queridos jovens de Alagoas”, acrescenta. |  Foto: Assessoria O presidente da ALE, deputado Marcelo Victor, destaca a importância do apoio à iniciativa.“O Poder Legislativo de Alagoas felicita a OAM por disponibilizar, gratuitamente, uma plataforma digital para proporcionar aos estudantes alagoanos, especialmente aqueles que fazem parte da rede de ensino público do Estado, mais oportunidade e preparo para conquistar vaga no ensino superior”, enfatiza.Todo o conteúdo do projeto estará disponível no maior portal de notícias de Alagoas, a Gazetaweb. Para Jonathas Maresia, coordenador do veículo, o site sai na frente ao entregar um produto único e gratuito aos alagoanos.“A partir de quarta-feira, o portal mais completo de Alagoas vai colocar à disposição uma multiplataforma com conteúdos exclusivos que vão ofertar aos estudantes – 24 horas por dia –, uma preparação de altíssima qualidade para o Enem. São aulas ao vivo, plantões, tira-dúvidas, simulados, questões exclusivas, e muito mais. E tudo isso sendo entregue aos estudantes de forma gratuita. A nossa multiplataforma vai entregar o que há de melhor em conhecimento e tecnologia”, complementa.CONTEÚDO NA PALMA DA MÃOO Hora do Enem poderá ser acessado no portal Gazetaweb.com, em uma landing page exclusiva da iniciativa, e também contará com aulões ao vivo e revisões, transmitidas na tela da TV Mar. As datas e horários das revisões e aulões ao vivo poderão ser consultados na plataforma.A diretora de jornalismo da TV Mar, Patrícia Barros, convida os estudantes a ficarem ligados na programação.“É mais um momento de muita alegria para nós que fazemos a TV Mar, ao ver mais um projeto de destaque da OAM integrando nossa grade de programação. O que podemos dizer é que os estudantes de Alagoas aproveitem a chance e usem muito a plataforma, assistam o conteúdo e nos dêem ainda mais orgulho, passando no vestibular e construindo uma sociedade cada vez melhor”, finaliza a diretora.

Leia mais »
+ matérias sobre o Enem
REALIZAÇÃO
APOIO CULTURAL